EUA e Rússia voltam a incentivar a força nuclear

Comentário de Trump marca uma ruptura em relação à retórica do presidente Barack Obama

Presidente Jair Bolsonaro (PSL) em visita ao Nordeste, durante a campanha eleitoralPresidente Jair Bolsonaro (PSL) em visita ao Nordeste, durante a campanha eleitoral - Foto: Agência Brasil

O presidente americano eleito, Donald Trump, defendeu, na quinta-feira (22), que os Estados Unidos devem investir maciçamente em sua capacidade nuclear, até que “o mundo caia em si”.

“Os Estados Unidos devem fortalecer e expandir fortemente sua capacidade nuclear até que o mundo caia em si em relação às armas nucleares”, tuitou Trump, sem explicar o que ele quis dizer exatamente. Esse comentário marca uma ruptura em relação à retórica do presidente Barack Obama, o qual, em seu famoso discurso em Praga em 2009, pediu a eliminação das armas nucleares.

O tuíte de Trump aparece um dia depois de seu encontro com um grupo de oficiais de alta patente do Pentágono, incluindo o vice-almirante James Syring, que dirige a Agência de Defesa de Mísseis. A agenda foi dedicada ao corte no orçamento de vários programas militares. Hoje, os EUA contam com um arsenal de cerca de 7 mil ogivas nucleares, pouco atrás da Rússia, que tem algumas centenas a mais.
Rússia

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, ordenou na quinta-feira o reforço da capacidade nuclear do país e o desenvolvimento de mísseis capazes de atravessar qualquer escudo existente. A decisão é tomada no momento em que Moscou aumenta sua influência no Leste Europeu e no Oriente Médio, assim como seu atrito com o Ocidente, incluindo os EUA e membros da Otan. Na reunião anual de sua equipe de defesa, Putin afirmou ser necessário ter armas que possam passar sistemas de defesas "existentes ou futuros".

Veja também

Grávida, Meghan Markle não acompanhará Harry ao funeral do príncipe Philip
Realeza

Grávida, Meghan Markle não acompanhará Harry ao funeral do príncipe Philip

Ao menos 7 mortos em terremoto na Indonésia
Ásia

Ao menos 7 mortos em terremoto na Indonésia