EUA se mantêm 'atentos' sobre tema nuclear na Coreia do Norte

Apesar da cúpula entre Trump e Kim ter aberto um "possível novo caminho para a paz", o secretário da Defesa, Jim Mattis, diz que os EUA se mantêm atentos

Secretário americano de Defesa, general Jim MattisSecretário americano de Defesa, general Jim Mattis - Foto: Alex Wong/Getty Images North America/AFP

O secretário americano da Defesa, Jim Mattis, disse nesta sexta-feira (15) que os Estados Unidos permanecem "atentos" sobre o tema nuclear da Coreia do Norte, apesar de a cúpula entre Donald Trump e Kim Jong-un ter aberto "um possível novo caminho para a paz".

O histórico encontro "demonstra que "'o passado não tem de definir o futuro'", afirmou Mattis, falando da cidade de Newport, em Rhode Island (leste dos EUA), repetindo uma frase usada por Trump na cúpula. "Apesar de hoje existir um novo possível caminho para a paz com a Coreia do Norte, continuamos atentos, na busca de armas nucleares em todo o mundo", disse o chefe do Pentágono, que presidiu uma cerimônia de graduação de uma escola de guerra.

A prudência de Mattis contrasta com a segurança do presidente dos Estados Unidos, que garantiu ter "resolvido em grande parte" o problema nuclear da Coreia do Norte. "Isso é uma coisa muito importante. Agora, posso ligar para ele. Dei para ele um número muito direto. Ele agora pode me ligar, se tiver alguma dificuldade. Temos comunicação", comemorou.

Leia também:
Trump anuncia tarifa de 25% sobre US$ 50 mi em produtos chineses
Consenso' entre EUA e China para reduzir déficit americano
EUA esperam completa desnuclerização da Coreia do Norte até o fim de 2020


Depois das críticas dos últimos dias, o magnata republicano disse que sua histórica reunião com Kim, em 12 de junho, havia permitido estabelecer um "processo de verificação muito forte" do desmantelamento do arsenal da Coreia do Norte.O secretário americano da Defesa, Jim Mattis, disse nesta sexta-feira (15) que os Estados Unidos permanecem "atentos" sobre o tema nuclear da Coreia do Norte, apesar de a cúpula entre Donald Trump e Kim Jong-un ter aberto "um possível novo caminho para a paz".

O histórico encontro "demonstra que "'o passado não tem de definir o futuro'", afirmou Mattis, falando da cidade de Newport, em Rhode Island (leste dos EUA), repetindo uma frase usada por Trump na cúpula. "Apesar de hoje existir um novo possível caminho para a paz com a Coreia do Norte, continuamos atentos, na busca de armas nucleares em todo o mundo", disse o chefe do Pentágono, que presidiu uma cerimônia de graduação de uma escola de guerra.

A prudência de Mattis contrasta com a segurança do presidente dos Estados Unidos, que garantiu ter "resolvido em grande parte" o problema nuclear da Coreia do Norte. "Isso é uma coisa muito importante. Agora, posso ligar para ele. Dei para ele um número muito direto. Ele agora pode me ligar, se tiver alguma dificuldade. Temos comunicação", comemorou.

Depois das críticas dos últimos dias, o magnata republicano disse que sua histórica reunião com Kim, em 12 de junho, havia permitido estabelecer um "processo de verificação muito forte" do desmantelamento do arsenal da Coreia do Norte.

Veja também

Chuvas deixam dois mortos e mais de 185.500 afetados na Guatemala
Desastre

Chuvas deixam dois mortos e mais de 185.500 afetados na Guatemala

Dinamarquês Eriksen está consciente após cair desacordado em jogo da Eurocopa
Esportes

Dinamarquês Eriksen está consciente após cair desacordado em jogo da Eurocopa