Explosão deixa 10 mortos e 60 feridos no Paquistão

A explosão, reivindicada por uma facção talibã, aconteceu no momento em que pessoas realizavam um protesto em frente à sede do poder legislativo

Ao menos 10 pessoas morreram e 60 ficaram feridas em um atentado suicida nesta segunda-feira (13) em Lahore, cidade do leste do Paquistão, informaram fontes médicas à AFP.

A explosão, reivindicada por uma facção talibã, aconteceu no momento em que centenas de pessoas realizavam um protesto em frente à sede do poder legislativo da província, informaram jornalistas locais.

A polícia isolou a área em torno do Mall Road, uma das principais artérias da cidade, enquanto que muitos dos presentes fugiram por medo de uma segunda explosão.

Os meios de comunicação locais exibiram imagens de muitos feridos no local da explosão.

Uma chefe dos serviços de emergência, Deeba Shahnaz, afirmou que havia 10 mortos e pelo menos 60 feridos, que foram levados para hospitais da cidade, onde fontes médicas confirmaram este balanço inicial.

"A explosão foi muito poderosa. Eu vi dezenas de feridos e vários corpos, chamas onde a explosão ocorreu, e muitas pessoas chorando", relatou Muhamad Tariq, uma testemunha ocular, à AFP.

A facção Jamaat-ul-Ahrar do Talibã paquistanês reivindicou a responsabilidade pelo ataque.

O incidente ocorreu quando centenas de químicos farmacêuticos protestavam contra uma nova lei perto do edifício da Assembleia Provincial de Punjab, informou à AFP Rana Sanaullah, ministro provincial da Justiça.

"A polícia me informou que se tratou de um ataque suicida", disse ele.

Lahore, considerada a capital cultural do país, sofreu um dos ataques mais mortais no Paquistão em 2016, quando um suicida do talibã se explodiu em um parque matando 70 pessoas, incluindo várias crianças.

Os ataques têm sido poucos frequentes nesta cidade dinâmica, e, no geral, a violência extremista no Paquistão tem diminuído ao longo dos últimos dois anos.

Veja também

Máscaras de tecido continuam sendo eficazes contra a covid-19, diz OMS
Prevenção

Máscaras de tecido continuam sendo eficazes contra a covid-19, diz OMS

Já viu esse senhorzinho sentado pela web? A gente explica
Meme

Já viu esse senhorzinho sentado pela web? A gente explica