Explosão em edifício deixa quatro mortos em Leicester, na Inglaterra

A explosão aconteceu em um edifício formado por uma parte comercial e uma área residencial de dois andares, explica o comunicado

incêndio na Inglaterraincêndio na Inglaterra - Foto: Graeme Hudson/AFP

Quatro pessoas morreram na explosão de um edifício em Leicester, centro da Inglaterra, no domingo (25), anunciou a polícia britânica, que continua procurando eventuais vítimas entre os escombros. "Quatro pessoas morreram na explosão de uma propriedade de Leicester ontem à noite", anunciou a polícia em um comunicado.

Outras quatro pessoas foram hospitalizadas, uma delas com ferimentos graves. A explosão aconteceu em um edifício formado por uma parte comercial e uma área residencial de dois andares, explica o comunicado.

"Acreditamos que talvez ainda existam pessoas que não foram localizadas e os trabalhos de resgate continuam para encontrar outras eventuais vítimas", declarou o comandante da polícia, Shane O'Neill.

Leia também:
Explosão de bomba em mercado mata três na Tailândia
Torre Eiffel é fechada por causa da neve em Paris


Os vizinhos afirmaram que suas casas tremeram em consequência da força da explosão, que provocou um incêndio que destruiu a loja que ficava no andar térreo do imóvel e os dois andares acima. "Quando o local for considerado seguro, os serviços de emergência começarão a examinar as circunstâncias do incidente", disse O'Neill.

A polícia afirmou que não há indício até o momento de que a explosão tenha vínculo com uma atividade terrorista. Os bombeiros trabalharam durante toda a noite para controlar o incêndio. A explosão aconteceu às 19H00 locais (16H00 de Brasília).

"Foi muito assustador", declarou Graeme Hudson, morador de Leicester. "Moro a cinco minutos (...) mas minha casa foi abalada. Saí e vi muita fumaça e chamas muito altas", completou.

Veja também

A 8 dias da eleição, Senado dos EUA confirma juíza ultraconservadora para a Suprema Corte
internacional

A 8 dias da eleição, Senado dos EUA confirma juíza ultraconservadora para a Suprema Corte

Vacinação eficiente contra Covid vai depender de estatísticas, diz agência de saúde europeia
Coronavírus

Vacinação eficiente contra Covid vai depender de estatísticas, diz agência de saúde europeia