FBI mantém posição de não processar Hillary por e-mails

O anúncio foi enviado em uma carta do FBI aos legisladores

Candidata à presidência dos EUA, Hillary ClintonCandidata à presidência dos EUA, Hillary Clinton - Foto: Robyn Beck/AFP

O FBI (polícia federal americana) manteve sua recomendação de não acionar a candidata democrata à Casa Branca Hillary Clinton no caso dos e-mails enviados de um servidor privado quando ela ocupava o cargo de secretária de Estado, anunciou neste domingo um parlamentar.

O anúncio, favorável a Hillary, foi enviado em uma carta do FBI aos legisladores, e poderia dar um impulso a Hillary a 48 horas das eleições americanas.

Veja também

Médicos franceses relatam transmissão de coronavírus dentro do útero
Coronavírus

Médicos franceses relatam transmissão de coronavírus dentro do útero

União Europeia sugere a membros barrar repasse a empresa de paraíso fiscal
Mundo

União Europeia sugere a membros barrar repasse a empresa de paraíso fiscal