FBI mantém posição de não processar Hillary por e-mails

O anúncio foi enviado em uma carta do FBI aos legisladores

Candidata à presidência dos EUA, Hillary ClintonCandidata à presidência dos EUA, Hillary Clinton - Foto: Robyn Beck/AFP

O FBI (polícia federal americana) manteve sua recomendação de não acionar a candidata democrata à Casa Branca Hillary Clinton no caso dos e-mails enviados de um servidor privado quando ela ocupava o cargo de secretária de Estado, anunciou neste domingo um parlamentar.

O anúncio, favorável a Hillary, foi enviado em uma carta do FBI aos legisladores, e poderia dar um impulso a Hillary a 48 horas das eleições americanas.

Veja também

Rússia espera registro da Sputnik V no Brasil em dezembro e produção em janeiro
Covid-19

Rússia espera registro da Sputnik V no Brasil em dezembro e produção em janeiro

Alasca tem alerta de tsunami após forte terremoto
Magnitude de 7,5

Alasca tem alerta de tsunami após forte terremoto