França diz que terrorismo islamita voltará a atingir a Europa

Paris relembra um ano de atentado ao Bataclan

Relógio com acesso à internet que era usado pela suspeitaRelógio com acesso à internet que era usado pela suspeita - Foto: Divulgação/Polícia Federal

A Europa voltará a ser alvo do terrorismo islamita, mas o continente vencerá, afirmou neste sábado o primeiro-ministro francês Manuel Valls em um artigo publicado em vários jornais europeus, um ano depois do mega-atentado de 13 de novembro em Paris.

"Um ano depois de 13 de novembro, estou consciente dos acontecimentos das interrogações que existem em nossa sociedade. Estão preocupadas. Devemos a ela a verdade. Mas, sim, temos todos os recursos para resistir, e toda a força para vencer. Nós, europeus, venceremos o terrorismo islamita", escreveu o premiê em texto publicado nos jornais El País, La Republicca, The Guardian, Le Soir, La Tribune de Genève e Die Welt.

Nos últimos meses, o primeiro-ministro francês repetiu em diversas ocasiões que seu país sofrerá novos atentados.

Veja também

Vantagem de Biden sobre Trump cai 2 pontos percentuais em uma semana
EUA

Vantagem de Biden sobre Trump cai 2 pontos percentuais em uma semana

Nasa anuncia descoberta inédita de água na superfície da Lua iluminada pelo Sol
Descoberta espacial

Nasa anuncia descoberta inédita de água na superfície da Lua iluminada pelo Sol