Fundador do Wikileaks, Assange é preso em Londres

O Serviço da Polícia Metropolitana confirmou a prisão de Assange, de 47 anos

Julian Assange, fundador do Wikileaks. Julian Assange, fundador do Wikileaks.  - Foto: JUSTIN TALLIS / AFP

O fundador do Wikileaks, Julian Assange, foi preso nesta quinta-feira (11) em Londres, depois de a polícia ter permitido sua entrada na embaixada equatoriana, onde ele se refugiava há quase sete anos.

O Serviço da Polícia Metropolitana confirmou a prisão de Assange, de 47 anos. As autoridades afirmaram que foram convidadas pelo próprio embaixador a entrar na embaixada após a retirada do asilo político concedido pelo país sul-americano ao jornalista.

Leia também:
Reino Unido planeja regular conteúdo nocivo na internet
Fonte militar do WikiLeaks presa por se negar testemunhar ante a justiça
E-mail ofereceu a Trump ajuda para decodificar WikiLeaks sobre Hillary

A presidência do Equador confirmou a remoção do asilo, citando violações de convenções internacionais. O presidente Lenin Moreno anunciou o que chamou de "decisão soberana", em comunicado divulgado nesta quinta-feira.

O fundador do Wikileaks, que estava abrigado na embaixada equatoriana desde 2012 para evitar extradição, esteve por trás de um dos maiores vazamentos de documentos secretos da história dos Estados Unidos.

Veja também

Caminhão mata 15 pessoas que dormiam em estrada na Índia
Tragédia

Caminhão mata 15 pessoas que dormiam em estrada na Índia

Meghan tenta evitar julgamento em caso contra jornal britânico por invasão de privacidade
FAMÍLIA REAL

Meghan tenta evitar julgamento em caso contra jornal britânico por invasão de privacidade