Furacão Dorian enfraquece e passa à categoria 3

O furacão continua a afetar a ilha Grande Bahama e os moradores permanecem nos abrigos

Furacão Dorian Furacão Dorian  - Foto: AFP

O furacão Dorian enfraqueceu durante a noite e passou à categoria 3, numa escala de cinco, mas continua a afetar o arquipélago das Bahamas, com ventos superiores a 205 quilômetros (km) por hora. A tempestade já deixou cinco mortos e 21 feridos nas Bahamas. 13 mil casas ficaram destruídas.

Segundo o Centro Nacional de Furacões (NHC), sediado em Miami, o furacão continua a afetar a ilha Grande Bahama e os moradores permanecem nos abrigos.

Leia também:
Furacão Dorian deixa cinco mortos após passagem pelas Bahamas
Furacão Dorian fecha aeroportos nos EUA


No início da manhã, o Dorian estava a cerca de 48 km a nordeste da ilha de Freeport, na Grande Bahama, e a cerca de 160 km a leste de West Palm Beach, no estado norte-americano da Flórida.

As previsões são de que o furacão se aproxime da costa leste da Flórida na noite de hoje (3) para amanhã e depois siga para a costa da Carolina do Norte e da Geórgia, nesta quarta-feira à noite.

Voos cancelados
Ontem, o primeiro-ministro das Bahamas, Hubert Minnis, disse que pelo menos cinco pessoas morreram nas ilhas Ábaco, o primeiro ponto do arquipélago atingido pelo furacão Dorian, quando ainda estava na categoria 4.

Minnis informou ainda que há cerca de 20 feridos, bem como pessoas na ilha próxima Grande Bahama em sérias dificuldades.

Ruas inundados, telhados e árvores arrancados dão uma ideia da violência da tempestade.

O primeiro-ministro das Bahamas afirmou que a passagem do Dorian pelo arquipélago é uma “tragédia histórica”.

Veja também

Centenas de baleias encalhadas são encontradas no sul da Austrália
Mundo

Centenas de baleias encalhadas são encontradas no sul da Austrália

Neurônios cansados podem provocar distorção na percepção do tempo
Ciência

Neurônios cansados podem provocar distorção na percepção do tempo