Furacão Harvey é rebaixado, mas provoca estragos ao chegar nos EUA

Depois de atingir a velocidade máxima de 209 km/h, o furacão passou a registrar ventos de 160 km/h

Furacão HarveyFuracão Harvey - Foto: MARK RALSTON / AFP

O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos informou que o furacão Harvey foi rebaixado da categoria 4 para a 3 logo após chegar no território americano às 22h (meia-noite de Brasília) desta sexta-feira (25).

Após cinco horas, o Harvey foi novamente rebaixado, agora à categoria 2. Depois de atingir a velocidade máxima de 209 km/h, o furacão agora registra ventos de 160 km/h.

Apesar de ser rebaixado, o furacão se desloca lentamente, o que o torna mais perigoso, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC), com sede em Miami.
Mesmo com ventos mais fracos do que o previsto, a tempestade causa estragos. Ao menos 200 mil pessoas estão sem energia elétrica, segundo autoridades do Texas, o primeiro Estado atingido.

Segundo equipes de resgate entrevistadas pela rede CNN, a devastação irá deixar áreas "inabitáveis por semanas ou meses". Na cidade de Rockport, idosos tiveram que ser transferidos para uma prisão local após o telhado do asilo onde estavam ter sido destruído pela tempestade. Ao menos dez pessoas ficaram feridas na cidade de pela queda de telhados, árvores arrancadas e veículos danificados, disse Kevin Carruth, um funcionário municipal.

Ante o potencial devastador do Harvey, o presidente Donald Trump declarou estado de catástrofe natural e a pedido do governador do Texas, Greg Abbott, assinou a Proclamação de Desastre que poderá liberar fundos federais para ajudar nas emergências.

O prefeito da cidade de Victoria (sul do Estado do Texas) estima que cerca de 65% dos 65 mil habitantes da cidade desafiaram a ordem de evacuação obrigatória.
Enquanto milhares fugiram das esperadas inundações e destruições devastadoras, muitos moradores ficaram em suas casas abastecidos com alimentos, combustível e sacos de areia, desrespeitando o aviso das autoridades.

Este foi o primeiro furacão de categoria 4 a atingir os Estados Unidos desde o Charley, em 2004, e o primeiro a atingir o Texas desde Carla em 1961.

Tempestade tropical
Segundo a agência Reuters, o Furacão Harvey enfraqueceu para categoria 1 enquanto se movia sobre o Estado do Texas neste sábado (26) e provavelmente vai se tornar uma tempestade tropical, afirmou o Centro Nacional de Furacões dos EUA.
O Harvey foi a tempestade mais forte em mais de 50 anos a atingir o Texas.

O fenômeno alcançou o Estado como um furacão de categoria 4 na escala Saffir-Simpson. Esta é a segunda mais forte categoria de furacão na escala medida pela velocidade sustentada de ventos.

Veja também

Anvisa inspeciona empresa parceira na produção da Sputnik V
Vacina

Anvisa inspeciona empresa parceira na produção da Sputnik V

Apple vê lucro saltar 29% para US$ 28,7 bilhões, um recorde
Economia

Apple vê lucro saltar 29% para US$ 28,7 bilhões, um recorde