A-A+

Governo Maduro acusa dois deputados da oposição de plano golpista

Segundo o ministro da Comunicação, Jorge Rodríguez, o plano seria executado neste domingo

Nicolás Maduro, presidente da VenezuelaNicolás Maduro, presidente da Venezuela - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Arquivo Agência Br

O governo venezuelano acusou neste sábado dois parlamentares de iniciar uma tentativa de golpe contra o presidente Nicolás Maduro, com a suposta cumplicidade do líder da oposição Juan Guaidó.

Segundo o ministro da Comunicação, Jorge Rodríguez, o plano seria executado neste domingo e era liderado pelos deputados Fernando Orozco, ex-aliado de Maduro, e Yanet Fermín.

O objetivo era atacar dois quartéis no estado de Sucre (leste) para que "houvesse rebeliões militares que gerassem confrontos, um banho de sangue (...) e tentasse elevar a imagem de Guaidó na frente de seus proprietários", disse Rodriguez através a estação de televisão do governo, referindo-se aos Estados Unidos. O governo de Washington lidera um grupo de 50 países que reconhecem Guaidó como presidente interino da Venezuela.

Leia também:
Guaidó mobiliza partidários tentando voltar as ruas contra Maduro
Colombianos assumem temor de eventual conflito entre Duque e Maduro

Veja também

Presidente da Shell é chamado de 'um dos perversos do mundo' em evento sobre o clima
CLIMA

Presidente da Shell é chamado de 'um dos perversos do mundo' em evento sobre o clima

Talibã anunciará 'em breve' planos de educação para as meninas, segundo a Unicef
Mundo

Talibã anunciará 'em breve' planos de educação para as meninas, segundo a Unicef