Homens armados matam oito policiais no Egito

Dois dos atiradores foram mortos e três membros das forças de segurança ficaram feridos

Oito policiais egípcios morreram nesta segunda-feira (16) à noite em ataque a um posto de controle executado por um grupo de homens armados, na província de Al-Wadi al-Jadid (sudoeste), anunciou o Ministério do Interior.

Dois dos atiradores foram mortos e três membros das forças de segurança ficaram feridos, declarou a mesma fonte.

O ataque ocorreu em Al-Naqab, a 80 quilômetros da cidade de Al-Kharga, capital da província, segundo o Ministério.

Os militantes extremistas mataram centenas de soldados e policiais desde a derrubada em 2013, por parte dos militares, do presidente egípcio Mohamed Morsi, o que levou a uma perseguição intensa dos militantes islamitas.

A maioria dos ataques aconteceu na península de Sinai, zona fronteiriça de Israel e da Faixa de Gaza.

Também ocorreram ataques em outras partes do país, inclusive no Cairo.

Veja também

OPAS pede 'estratégia integral' para conter a Covid-19 nas Américas
Pandemia

OPAS pede 'estratégia integral' para conter a Covid-19 nas Américas

Autoridades dos EUA não descartam hipótese de fuga acidental do vírus Sars-Cov-2 na China
Pandemia

Autoridades dos EUA não descartam hipótese de fuga acidental do vírus Sars-Cov-2 na China