Idoso tenta incendiar mesquita e deixa dois feridos na França

As duas vítimas, de 74 e 78 anos de idade, estão em estado grave e foram levadas para o hospital

Mesquita em Bayonne, na França, sofreu tentativa de atentado nesta segunda-feiraMesquita em Bayonne, na França, sofreu tentativa de atentado nesta segunda-feira - Foto: Iroz Gaizka/AFP

Dois homens ficaram gravemente feridos nesta segunda-feira por tiros efetuados em frente a uma mesquita de Bayonne, no sudoeste da França, por um idoso que tentava incendiar o templo e que foi detido.

"Às 15h20, um homem tentou incendiar a porta da mesquita de Bayonne. Duas pessoas o surpreenderam e o homem atirou contra elas", informou a polícia em comunicado.

Antes de fugir, o agressor ateou fogo a um veículo.

As duas vítimas, de 74 e 78 anos de idade, estão em estado grave e foram levadas para o hospital de Bayonne.

Leia também:
Ex-presidente da França, Jacques Chirac morre aos 86 anos
Ondas de calor matam pelo menos 1,5 mil na França


Segundo fontes policiais, o autor do ataque é um homem de 84 anos, Claude S.Uma equipe especializada em explosivos foi enviada para a sua casa, não muito distante.

O perímetro da mesquita foi isolado e a polícia judiciária foi encarregada da investigação.

O ministro do Interior da França, Christophe Castaner, expressou sua solidariedade e apoio aos muçulmanos e observou que "os atos cometidos na mesquita de Bayonne nos comovem e ultrajam a cada um de nós".

Abdallah Zekri, Presidente do Observatório Nacional contra a Islamofobia e Delegado Geral do Conselho Francês da Fé Muçulmana (CFCM), "condenou esse ato criminoso", em declarações à AFP.

"Há uma grande preocupação entre a comunidade muçulmana da cidade", disse o representante do CRCM regional.

"Com o atual clima de estigmatização do Islã e dos muçulmanos, não é de surpreender que tais atos possam ocorrer", acrescentou.

Esse ataque ocorre em meio aos novos debates sobre o véu islâmico.

Poucas horas antes do ataque, o presidente Emmanuel Macron, que recebeu os líderes da CFCM no Palácio do Eliseu, pediu que combatessem a "ambiguidade" que contribui para alimentar a confusão entre o Islã e o terrorismo, disse à AFP o ministro Castaner.

Veja também

Sonda chinesa pousa na Lua para coletar amostras do solo
Espaço

Sonda chinesa pousa na Lua para coletar amostras do solo

EUA tem recorde de mortes diárias por Covid-19 desde abril
Coronavírus

EUA tem recorde de mortes diárias por Covid-19 desde abril