Imigrantes fogem dos Estados Unidos e pedem refúgio no Canadá

Todos cruzaram a pé a fronteira próxima ao povoado de Emerson, 120 km ao sul de Winnipeg, após várias horas de caminhada na neve

Vinte e dois imigrantes, a maioria da Somália, que fugiram dos Estados Unidos em plena tempestade de neve e sob um frio polar, chegaram no fim de semana ao Canadá, onde pediram asilo, anunciou a Polícia nesta terça-feira (7).

Todos cruzaram a pé a fronteira próxima ao povoado de Emerson, 120 km ao sul de Winnipeg (Manitoba, centro), após várias horas de caminhada na neve.

Eles se aventuraram neste périplo até o Canadá depois que o presidente americano, Donald Trump, proibiu temporariamente a entrada no país de pessoas procedentes de sete países de maioria muçulmana (Iraque, Irã, Líbia, Somália, Sudão, Síria e Iêmen) e de todos os refugiados.

A aplicação do decreto foi suspensa pela Justiça americana e a Casa Branca apelou da sentença. Uma corte federal de apelações examinará o recurso nesta terça-feira por volta das 21h00 de Brasília.

Os imigrantes foram recolhidos pela polícia federal canadense e alojados por algumas horas na sala municipal de Emerson antes de darem entrada aos trâmites de pedido de refúgio político.

Veja também

Grávida, Meghan Markle não acompanhará Harry ao funeral do príncipe Philip
Realeza

Grávida, Meghan Markle não acompanhará Harry ao funeral do príncipe Philip

Ao menos 7 mortos em terremoto na Indonésia
Ásia

Ao menos 7 mortos em terremoto na Indonésia