A-A+

Incêndio em depósito de fósforos deixa 30 mortos na Indonésia

Os incêndios com muitas vítimas são frequentes na Indonésia como consequência dos parâmetros de segurança insuficientes

Moradores observam estrutura de casas queimadas na cidade de Binjai, na Indonésia. Moradores observam estrutura de casas queimadas na cidade de Binjai, na Indonésia.  - Foto: STR / AFP

Ao menos 30 pessoas, incluindo várias crianças, morreram nesta sexta-feira (20) em um incêndio em um imóvel que também funcionava como depósito de palitos de fósforo na Indonésia, anunciaram as autoridades.

"Não sabemos o que provocou o incêndio, mas já foi apagado", afirmou à AFP o secretário de Proteção Civil da província de Sumatra Setentrional (norte), Riadil Lubis, que citou pelo menos três crianças entre as vítimas fatais.

Leia também:
Incêndio no Ipsep assusta moradores na manhã desta quinta-feira
Fortes chuvas deixam 17 mortos e milhares de desabrigados na Indonésia

As fotografias da tragédia mostram corpos carbonizados empilhados. As imagens dos canais de TV exibem colunas de fumaça na casa localizada em Binjai, em Sumatra Setentrional.

"Provavelmente eles trouxeram as crianças para o trabalho", especulou Irwan Syahri, secretário de Proteção Civil de Langkat, ao explicar as mortes dos menores de idade.

Ele disse que os cadáveres estavam "carbonizados e difíceis de reconhecer". Os incêndios com muitas vítimas são frequentes na Indonésia como consequência dos parâmetros de segurança insuficientes.

Em 2017, ao menos 46 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas em um incêndio em Jacarta. Dezessete pessoas morreram no incêndio em um bar na ilha Celebes em 2015.

Veja também

UE denuncia 'falta de lealdade' dos Estados Unidos com a França
EUA x França

UE denuncia 'falta de lealdade' dos Estados Unidos com a França

EUA condena 'retórica perigosa' de aliado do primeiro-ministro etíope
EUA

EUA condena 'retórica perigosa' de aliado do primeiro-ministro etíope