Incêndio em um prédio no centro de Paris mata três pessoas

Vinte e sete pessoas, incluindo um bombeiro, precisaram de atendimento médico após inalarem fumaça

A equipe de combate ao fogo trabalharam por mais de quatro horas para apagar o fogoA equipe de combate ao fogo trabalharam por mais de quatro horas para apagar o fogo - Foto: BSPP - Brigade de sapeurs-pompiers de Paris /

Três pessoas morreram e uma ficou gravemente ferida em um incêndio declarado nas primeiras horas deste sábado (22) em um edifício no centro de Paris, informaram os bombeiros.

Vinte e sete pessoas, incluindo um bombeiro, precisaram de atendimento médico após inalarem fumaça.O incêndio atingiu um prédio de seis andares que abriga um restaurante, um banho turco e apartamentos residenciais, informou um porta-voz dos bombeiros de Paris.

Entre as pessoas mortas há uma jovem mulher que se jogou da janela e duas outras que foram encontradas carbonizadas em seu apartamento. Por volta das 10h o fogo já havia sido "controlado, mas não totalmente apagado", segundo o porta-voz.

Leia também:
Explosão em Lyon, na França, deixa ao menos dez feridos
Ex-dirigente do ETA é preso na França após 17 anos foragido


Um total de 200 bombeiros foram mobilizados para este incêndio.O prédio atingido data dos anos 1970.Agentes do laboratório forense central da polícia de Paris foram ao local para recolher informações sobre o incêndio, cuja origem ainda não foi determinada.

"Estávamos dormindo quando, por volta das 5h da manhã, comecei a sentir cheiro de fumaça. Abri a janela e já havia um caminhão dos bombeiros na rua, vimos uma enorme coluna de fumaça. Ouvimos gritos, muito barulho e saímos correndo", relatou à AFP Jérôme Cariati, um morador do bairro.

"Vimos pessoas que foram evacuadas, descalças. Pareciam em choque, algumas com dificuldade para respirar", acrescentou ele.

Na madrugada de 5 de fevereiro, uma mulher com problemas psiquiátricos deliberadamente iniciou um incêndio em um prédio em Paris, matando 10 pessoas e ferindo 96, o maior número de mortos na capital em quase 14 anos.

Veja também

Policiais do Capitólio prendem homem que tentou passar por barreira
Capitólio

Policiais do Capitólio prendem homem que tentou passar por barreira

EUA realiza última execução do mandato de Trump
EUA

EUA realiza última execução do mandato de Trump