Indiano morre ao mergulhar acorrentado no Ganges em número de mágica

Mago Mandrake saltou acorrentado de uma grua no rio diante de parentes, policiais e uma multidão que acompanhava o número.

Indiano se prepara para mergulhoIndiano se prepara para mergulho - Foto: STR/AFP

Um dia após desaparecer nas águas do Rio Ganges, o corpo do mágico indiano Chanchal Lahiri foi achado pela polícia. O ilusionista indiano havia mergulhado nesse domingo (16) totalmente acorrentado para provar que conseguia sair rapidamente.

Conhecido pelo nome nome artístico "Jadugar Mandrake" (o mago Mandrake), Chanchal Lahiri saltou acorrentado de uma grua no rio diante de parentes, policiais e uma multidão que acompanhava o número.

Como o homem de 40 anos não apareceu depois do tempo esperado, as autoridades iniciaram os trabalhos de busca, mas só foram encontrar o corpo no dia seguinte. Antes de começar a apresentação, Lahiri explicou que havia conseguido realizar essa mesma façanha numa versão mais difícil há 21 anos no mesmo lugar.

"Eu estava acorrentado dentro de uma caixa de vidro e fui lançado na água da ponte Howrah. Demorei apenas 29 segundos para sair", disse à AFP o mago Mandrake antes da apresentação deste domingo, reconhecendo em seguida que esta seria mais difícil.

"Se conseguir me liberar, será mágico. Se não conseguir, será trágico", afirmou. Em 2013, Lahiri tentou repetir o némero da fuga da caixa de vidro, mas o público começou a insultá-lo quando foi possível ver uma saída no acessório.

Veja também

ONU pede US$ 100 milhões para migrantes no Mediterrâneo e culpa Itália por naufrágio em 2013
RECURSO

ONU pede US$ 100 milhões para migrantes no Mediterrâneo e culpa Itália por naufrágio em 2013

Argentina reduz voos para Brasil, México, Estados Unidos e Europa
MEDIDA

Argentina reduz voos para Brasil, México, Estados Unidos e Europa