Mundo

Israel prossegue com resposta a ataques e mata dois palestinos

Os 250 foguetes palestinos disparados no sábado representam o maior ataque contra Israel em um único dia nos últimos anos

Palestino tenta apagar o fogo em um carro pertencente ao membro do Hamas Hamad al-Khodori, na Cidade de GazaPalestino tenta apagar o fogo em um carro pertencente ao membro do Hamas Hamad al-Khodori, na Cidade de Gaza - Foto: MAHMUD HAMS / AFP

Dois palestinos foram mortos em um bombardeio israelense na Faixa de Gaza neste domingo, de acordo com um porta-voz do Ministério da Saúde da Gazeta,na retaliação de Israel pelo disparo de foguetes palestinos.

Os militantes palestinos dispararam mais foguetes contra Israel, cujo primeiro-ministro ordenou manter uma "resposta em massa", em uma escalada que deixou cerca de dez mortos em pouco mais de 24 horas.

O premiê Benjamin Netanyahu ordenou que as Forças Armadas continuem com seus "ataques em massa" contra alvos do Hamas e da Jihad Islâmica na Faixa de Gaza.

Leia também:
Delegação do Hamas viaja ao Egito para discutir possível trégua com Israel
Hamas rebate Flávio Bolsonaro, a quem chama de 'filho de extremista' 

"Instruí o exército a continuar seus ataques em massa contra elementos terroristas da Faixa de Gaza e ordenei que reforcem as forças posicionadas ao redor da Faixa de Gaza com tanques, artilharia e tropas", afirmou no início do conselho de ministros de domingo.

Os 250 foguetes palestinos disparados no sábado representam o maior ataque contra Israel em um único dia nos últimos anos.

Veja também

Conservadores britânicos sofrem revés nas eleições locais
Londres

Conservadores britânicos sofrem revés nas eleições locais

Gallup: Aprovação de Biden atinge menor nível entre presidentes na série histórica, em 38,7%
ELEIÇÕES EUA

Gallup: Aprovação de Biden atinge menor nível entre presidentes na série histórica, em 38,7%

Newsletter