Julgados na Alemanha dois homens acusados de centenas de atos de pedofilia

Os investigadores localizaram 13 vítimas com idades entre 6 e 13 anos, dos quais sete fizeram acusações particulares

Dois homens, de 51 e 53 anos, se apresentaram nesta sexta-feira a um tribunal de Berlim, acusados de mais de 400 abusos sexuais de menores, de terem supostamente pago a meninos por favores sexuais e de comandar uma rede de pedofilia.

Os investigadores localizaram 13 vítimas com idades entre 6 e 13 anos, dos quais sete fizeram acusações particulares, segundo a acusação apresentada nesta sexta-feira (3).Está previsto que o julgamento inclua vinte dias de audiência até abril.

O principal acusado, de 51 anos, deverá responder a 379 atos de pedofilia cometidos entre 2002 e 2009, "principalmente sexo oral", informou a porta-voz da corte criminal de Berlim, Lisa Jani. Também teria supostamente servido de intermediário entre crianças e outros homens.

O outro homem é acusado de 47 casos de abuso sexual contra crianças. Outros dois acusados, de 78 e 80 anos, seriam julgados pelos mesmos atos, mas a Justiça dividiu o caso em dois processos diferentes.

Segundo a porta-voz, as vítimas viviam em condições precárias, uma situação "utilizada pelos acusados" que "pagavam aos menores por serviços sexuais".

Veja também

Grávida, Meghan Markle não acompanhará Harry ao funeral do príncipe Philip
Realeza

Grávida, Meghan Markle não acompanhará Harry ao funeral do príncipe Philip

Ao menos 7 mortos em terremoto na Indonésia
Ásia

Ao menos 7 mortos em terremoto na Indonésia