A-A+

Justiça dos EUA autoriza Trump a usar US$ 3,6 bi para o muro fronteiriço

O muro deve ser construído na fronteira com o México

Donald TrumpDonald Trump - Foto: Chip Somodevilla/Getty Images/AFP

Donald Trump ficou satisfeito nesta quinta-feira com uma decisão judicial que o autoriza a receber US$ 3,6 bilhões do orçamento do Pentágono para a construção do muro na fronteira com o México, uma promessa de campanha que ele luta para cumprir.

"Todo o muro está em construção ou está se preparando para começar!", tuitou o presidente após a decisão do Quinto Tribunal de Apelações dos Estados Unidos.

Leia também:
Trump afirma que Irã está 'se acalmando' e que vai impor novas sanções contra o país
Número de brasileiros detidos na fronteira dos EUA aumenta mais de dez vezes em 1 ano

Em dezembro, um tribunal federal havia bloqueado o uso desses fundos, destinados a construir aproximadamente 800 quilômetros de barreira na fronteira sul.

Os esforços de Trump para construir o muro a fim de impedir a imigração ilegal enfrentaram inúmeros desafios judiciais.

O presidente declarou uma emergência nacional no ano passado e procurou o Pentágono para obter fundos depois que a Câmara dos Deputados se recusou a alocar todo o dinheiro que procurava para a construção do muro.

Em um comunicado, a Casa Branca descreveu a decisão como uma "vitória para o Estado de Direito".

"O Quinto Tribunal suspendeu uma ordem judicial ilegítima proferida por um tribunal inferior e, ao fazer isso, permitiu que a construção vital do muro de fronteira prosseguisse usando fundos de construção militar", disse.

"Estamos comprometidos em manter nossas fronteiras seguras e terminaremos o muro".

Veja também

Americanos e europeus se preocupam com programa de armamento norte-coreano
Mundo

Americanos e europeus se preocupam com programa de armamento norte-coreano

Trump anuncia planos para lançar nova rede social, a 'TRUTH Social'
EUA

Trump anuncia planos para lançar nova rede social, a 'TRUTH Social'