Lei sobre cultivo e uso medicinal da maconha entra em vigor no Paraguai

As áreas de cultivo da maconha legal serão determinadas pelo Serviço Nacional de Qualidade e Saúde Vegetal e de Sementes, entidade que controla o plantio e o comércio

Maconha Maconha  - Foto: Pixabay

A lei que permite o cultivo e o uso medicinal da maconha está em vigor no Paraguai e as autoridades sanitárias começaram a trabalhar em sua aplicação, anunciou nesta quarta-feira o ministério da Saúde.

"Está trabalhando-se em um decreto que determinará os lugares para o cultivo", disse à imprensa María Auxiliadora Vargas, diretora de vigilância sanitária do ministério.

As áreas de cultivo da maconha legal serão determinadas pelo Serviço Nacional de Qualidade e Saúde Vegetal e de Sementes, entidade que controla o plantio e o comércio.

"Também será criado um registro de pessoas e instituições" autorizadas à compra, ao consumo e à comercialização da maconha, anunciou a funcionária.

"Não se permitirá o autocultivo da planta e seu uso deve ser exclusivamente terapêutico", advertiu.

No dia 27 de dezembro do ano passado, o presidente Horácio Cartes promulgou a lei sobre cultivo, uso terapêutico, pesquisa científica e comercialização da maconha.

Veja também

Canadá vai regularizar os requerentes de asilo que lutaram contra a Covid-19
Coronavírus

Canadá vai regularizar os requerentes de asilo que lutaram contra a Covid-19

Mundo se esforça para conter pandemia que já infectou mais de 21 milhões
Coronavírus

Mundo se esforça para conter pandemia que já infectou mais de 21 milhões