Líbia confirma sequestro de avião desviado para Malta

Fontes do governo de Malta indicaram à AFP que há 118 pessoas a bordo da aeronave, incluindo sete membros da tripulação.

Secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes, aposta no produto para estimular crescimento do Sertão e do AgresteSecretário do Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes, aposta no produto para estimular crescimento do Sertão e do Agreste - Foto: Divulgação

"Piratas" sequestraram nesta sexta-feira um avião da companhia líbia Afriqiyah Airways e o desviaram para o aeroporto de La Valeta, em Malta, indicou à AFP uma fonte do Governo de União Nacional (GNA) em Trípoli.

O avião, que realizava um voo doméstico, havia decolado do aeroporto de Sabha (sul) e deveria pousar em Trípoli, mas desviou para Malta, onde já aterrissou, indicou a mesma fonte, que preferiu não se identificar.

A aeronave, que transportava 118 pessoas, incluindo sete tripulantes, "aterrizou em Malta. Os serviços de segurança coordenam as operações", escreveu o primeiro-ministro da ilha Mediterrânea, Joseph Muscat, em sua conta no Twitter.

"Negociações estão em andamento para garantir a segurança de todos os passageiros", acrescentou a fonte líbia, sem precisar detalhes sobre as negociações.

Além disso, uma fonte da companhia aérea líbia indicou que dois piratas ameaçaram os pilotos com um explosivo, possivelmente uma granada, para forçá-los a desviar o aparelho para Malta.

Ainda não há informações sobre a identidade dos sequestradores nem suas motivações.

Mais cedo, o primeiro-ministro de Malt havia anunciado que tinha sido alertado do "possível sequestro" de um avião líbio, que foi redirecionado para a ilha mediterrânea.

"Fui informado de uma possível situação de sequestro de um voo doméstico da #Libia redirecionado para #Malta. Operações de segurança e emergência em andamento, por -JM", escreveu Joseph Muscat em sua conta oficial.

A Líbia está mergulhada na violência e em um impasse político, cinco anos após a queda de Muammar Kadhafi, em 2011.

Veja também

Preocupação e incógnitas em torno da variante indiana do coronavírus
Pandemia

Preocupação e incógnitas em torno da variante indiana

Vazamento de gás na Índia causa a morte de 22 pacientes internados com Covid-19
Tragédia

Vazamento de gás na Índia causa a morte de 22 pacientes internados com Covid-19