Mundo

Maradona visita Fernández na Casa Rosada, grita contra Macri e acena na sacada

Diego Armando Maradona, 59, saiu no balcão da Casa Rosada como se tivesse marcado o gol do título de uma Copa ou se tivesse sido eleito

Diego Maradona e Alberto Fernandez Diego Maradona e Alberto Fernandez  - Foto: ESTEBAN COLLAZO / ARGENTINIAN PRESIDENCY / AF

Numa praça de Maio já meio vazia por conta da saída dos portenhos da cidade para as festas de fim de ano, uma imagem surpreendente agitou o centro de Buenos Aires na manhã desta quinta-feira (26).

O astro do futebol local - e esquerdista convicto - Diego Armando Maradona, 59, saiu no balcão da Casa Rosada como se tivesse marcado o gol do título de uma Copa ou se tivesse sido eleito. Agitou os braços, fez sinal de positivo com os dedos e surpreendeu turistas e pedestres que passavam por ali.

Depois, emendou, aos gritos: "eles não voltam mais!", referindo-se aos macristas, e "que Macri se mude para a Tailândia!". O ex-presidente não é apenas um adversário político para o ex-craque, também foi o responsável por sua saída do Boca Juniors.

Leia também:
Para Fernández, relação com Brasil vai além de ideologias de conjuntura
Série tem Maradona em estado puro e xingamento a Felipão


Além disso, foram inúmeras as ocasiões em que ambos bateram boca em festas da alta sociedade argentina, e a disputa entre eles foi capa de várias revistas, alimentando uma longa novela.

"A coisa que mais me deu trabalho em todo o meu tempo como diretor do Boca foi lidar com Maradona", disse Macri em 2017, em entrevista a esta repórter.

Atualmente técnico no clube Gimnasia y Esgrima La Plata (chegou a pedir demissão, mas voltou atrás em menos de 48h), Maradona visitou o presidente recém-empossado, o kirchnerista Alberto Fernández, e levou a ele camisetas autografadas.

Uma delas era do time em que ele jogou e do qual Fernández é torcedor, o Argentinos Juniors, e outra, uma número 10 da seleção argentina, com o seguinte autógrafo: "Para Alberto, com meu coração de povo".

Veja também

Desinformação sobre vacinação afeta crianças em meio à variante ômicronSaúde

Desinformação sobre vacinação afeta crianças em meio à variante ômicron

Berlusconi desiste da corrida presidencial na ItáliaCorrida Presidencial

Berlusconi desiste da corrida presidencial na Itália