Melania Trump desenhou vestido de gala com estilista francês Hervé Pierre

Hervé Pierre ressaltou que havia vestido as últimas quatro primeiras-damas dos Estados Unidos

A primeira-dama dos Estados Unidos, Melania Trump, desenhou junto ao estilista francês Hervé Pierre o vestido que usou no primeiro dos três bailes da noite de sexta-feira (20) no âmbito da posse presidencial de seu marido.

Hervé Pierre trabalha de forma independente depois de ter deixado em fevereiro de 2016 a casa Carolina Herrera, onde atuou como diretor por 14 anos.

Segundo vários meios de comunicação, trabalhou com Melania no design do vestido cor creme, com ombros à mostra e com um arco que nasce na manga direita e atravessa o traje até a cintura, descendo até a saia, que conta com uma fenda.

Em uma declaração ao site especializado Women's Wear Daily, Hervé Pierre ressaltou que havia vestido as últimas quatro primeiras-damas dos Estados Unidos.

Em primeiro lugar Hillary Clinton, quando Hervé Pierre era estilista de Oscar de la Renta, no fim dos anos 90, depois Laura Bush e Michelle Obama, quando estava com Carolina Herrera, e agora Melania Trump, sob seu próprio nome.

Além destas prestigiosas casas, o estilista - cujo nome completo é Hervé Pierre Braillard - de 51 anos, passou por outras empresas de prestígio, como Dior e Balmain, na França, antes de chegar aos Estados Unidos, em 1992.

Durante a cerimônia de posse de Donald Trump, Melania usou um elegante vestido azul do emblemático estilista Ralph Lauren.

Veja também

OMS denuncia desigualdade na distribuição de vacinas
Covax

OMS denuncia desigualdade na distribuição de vacinas

Japão decreta novo estado de emergência por causa da Covid a três meses da Olimpíada
Coronavírus

Japão decreta novo estado de emergência por causa da Covid a três meses da Olimpíada