'Menina-árvore' de Bangladesh é operada com êxito

Sahana Khatun tem 10 anos e sofre de uma doença rara que provoca uma grande quantidade de verrugas

Sahana Khatun foi operada nesta terça-feira (7)Sahana Khatun foi operada nesta terça-feira (7) - Foto: AFP

Uma menina bangladeshiana que sofre de epidermodisplasia verruciforme, uma doença muito rara que provoca uma grande quantidade de verrugas, foi operada com êxito, indicaram nesta terça-feira (7) seus médicos.

"A operação foi um sucesso. Retiramos as verrugas do seu rosto. Esperamos que possa sair do hospital dentro de duas semanas", disse Samanta Lal Sen, responsável da unidade de queimaduras e cirurgia plástica do hospital Medical College de Daca.

Sahana Khatun tem 10 anos e pode ser a primeira mulher do mundo a sofrer desta doença, mas os médicos ainda querem confirmar o diagnóstico com exames. A condição é conhecida coloquialmente como doença do "homem-árvore".

"Os médicos acreditam que Sahana se recuperará logo. Espero poder levá-la para casa e que possa voltar à escola", disse o pai da menina, Mohammad Shahjahan.

Até agora, só se conhece menos de dez casos desta síndrome no mundo, entre eles o de Abul Bajandar, um bangladeshiano de 27 anos cujas fotos deram a volta ao mundo.

O mesmo hospital onde Khatun foi operada realizou ao menos 16 cirurgias em Bajandar no último ano para retirar as verrugas que cobriam suas mãos, dando a elas um aspecto de casca de árvore.

A história deste motorista de riquixá comoveu o país e levou o primeiro-ministro, Sheikh Hasina, a custear seu tratamento e o da menina.

Veja também

Padre e noivos são presos em casamento que quebrou regras da quarentena no Chile
QUARENTENA

Padre e noivos são presos em casamento que quebrou regras

Parlamento Europeu votará acordo comercial pós-Brexit em 27 de abril
Brexit

Parlamento Europeu votará acordo comercial pós-Brexit em 27 de abril