Mensagem dentro de garrafa é encontrada 50 anos depois no Alasca

Objeto foi encontrado no litoral do povoado de Shishmaref e o bilhete estava seco e preservado

A mensagem foi escrita por um marinheiro russo em 1969, durante a Guerra FriaA mensagem foi escrita por um marinheiro russo em 1969, durante a Guerra Fria - Foto: Reprodução/ Facebook

Um homem que recolhia lenha no Alasca encontrou uma garrafa com uma mensagem escrita a mão desejando "feliz navegação" e jogada no mar por um marinheiro russo há mais de 50 anos.

"Sinceras saudações do navio-hospital VRXF Sulak da Frota do Oriente Próximo russo", afirma a mensagem."Nós lhe desejamos boa saúde e muitos anos de vida e feliz navegação. 20 de junho de 1969", completa a nota.

Tyler Ivanoff, um professor adjunto em Shishmaref, Alasca, encontrou a garrafa no litoral de seu povoado. A tampa de plástico estava preservada.

Leia também:
Hospital devolve rim em garrafa após atrasar exame
Famosos aceitam desafio das redes sociais de abrir uma garrafa usando apenas o pé


"Ainda estava seco dentro e cheirava a vinho, mas álcool velho. O bilhete estava seco", contou ao jornal local "Nome Nugget".

Ivanoff postou no dia 5 de agosto no Facebook uma foto da garrafa e bilhete.

Rossiya 1, uma cadeia de televisão russa, rastreou a mensagem pelo endereço do remetente em Vladivostok e localizou um capitão de navio reformado soviético que agora vive na Crimeia.

Entrevistado pelo canal usando seu uniforme militar, Anatoly Botsanenko disse que serviu no Sulak em 1969, quando tinha 35 anos.

Olhando a mensagem em uma foto no celular, Botsanenko disse: "essa letra não é minha". Mas então reconheceu o endereço do remetente como sendo o de sua antiga casa em Vladivostok.

"É incrível como uma pequena foto se transformou em uma história", postou Ivanoff no Facebook.

Veja também

Bolívia propõe perdão da dívida externa diante da crise
Coronavírus

Bolívia propõe perdão da dívida externa diante da crise

Hackers atacam cadeia de distribuição de vacinas contra Covid-19
Ameaça

Covid: hackers atacam cadeia de distribuição de vacinas