Ministério da Defesa enviará dez toneladas de donativos ao Haiti

Serão enviados alimentos, material de limpeza e de higiene pessoal, material escolar, roupas e outros itens de primeira necessidade.

Los SilenciosLos Silencios - Foto: Vitrine Filmes

O Ministério da Defesa enviará na próxima segunda-feira (17) cerca de dez toneladas de donativos ao Haiti, país recentemente atingido pelo furacão Matthew. Serão enviados alimentos, material de limpeza e de higiene pessoal, material escolar, roupas e outros itens de primeira necessidade.

De acordo o ministério, os donativos foram angariados pela Rede de Solidariedade ao Haiti, coordenada pelo Ordinariado Militar do Brasil, entidade religiosa que organiza os serviços de todas as capelanias militares católicas do país. A arrecadação, segundo o Exército, começou em abril e deveria ser entregue no fim do ano. Contudo, em virtude do furacão, decidiu-se antecipar o envio dos donativos.

Um Boeing da Força Aérea Brasileira partirá do Rio de Janeiro levando apoio logístico para o 24º Contingente Brasileiro de Força de Paz no Haiti. Serão 64 militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, que compõem a equipe de especialistas de manutenção do Batalhão Brasileiro de Infantaria de Força e Paz e da Companhia Brasileira de Engenharia de Paz. A aeronave fará um pouso em Brasília para embarcar as doações.

Além desse apoio, o contingente brasileiro deslocou mais de 450 militares para a região do sul do Haiti, área mais devastada pelo Matthew para auxiliar as vítimas da catástrofe.

Barracas
Amanhã (14), um avião da FAB parte de Brasília para o Haiti levando 75 barracas com área útil de 25 metros quadrados cada, a serem usadas pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) do Ministério da Integração. As barracas, que serão entregues por dois agentes da Defesa Civil Nacional, são de fácil manejo, têm piso e cobertura de PVC e estrutura tubular de alumínio.

As estruturas serão usadas por famílias haitianas que ficaram desabrigadas depois que o furacão Matthew, de categoria 4, assolou extensas áreas do país caribenho no último dia 4. Com ventos de 235 quilômetros por hora, o furacão devassou diversas regiões do Caribe e do Sudeste dos Estados Unidos. No Haiti, segundo números da Organização das Nações Unidas (ONU), 1,4 milhão de pessoas foram afetadas.

Veja também

Brasil veta plano do Mercosul por incluir expressão 'crimes de ódio' contra pessoas LGBT
mercosul

Brasil veta plano do Mercosul por incluir expressão 'crimes de ódio' contra pessoas LGBT

Usar máscara poderia evitar 130.000 mortes nos EUA, aponta estudo
Coronavírus

Usar máscara poderia evitar 130.000 mortes nos EUA, aponta estudo