Morre aos 92 Mário Soares, ex-presidente de Portugal

Ele foi internado em 13 de dezembro, quando entrou em coma e não se recuperou mais

Saiba o que faz e o caminho a trilhar para ser um chief executive officer (CEO), topo de uma trajetória empresarialSaiba o que faz e o caminho a trilhar para ser um chief executive officer (CEO), topo de uma trajetória empresarial - Foto: Greg Vieira / Arte FolhaPE

O ex-presidente de Portugal Mário Soares morreu neste sábado (7) aos 92 anos em Lisboa, informou o porta-voz do hospital onde estava internado. Fundador do Partido Socialista de Portugal, Soares passou décadas na política. Ele foi internado em 13 de dezembro, quando entrou em coma e não se recuperou mais.

Soares era considerado o "pai' da democracia portuguesa", por seu papel durante a redemocratização do país. Ele presidiu o país durante dez anos, foi ministro das Relações Exteriores, chefe de Governo e deputado no Parlamento europeu.

"Sou um pobre homem que teve a sorte de ter tomado posição e ter acertado", disse em uma entrevista, publicada em 2015.

Formado em direito, Soares defendeu opositores ao regime do ditador Antonio Salazar, que comandou Portugal entre 1933 e 1974. Por isso, ficou preso durante três anos. Ele foi preso uma segunda vez, em 1968, e deportado para a então colônia africana de São Tomé e Príncipe.

Após a redemocratização, Soares passou a integrar o governo e chegou a presidente em 1987, cargo no qual foi reeleito.

Veja também

Parlamento Europeu votará acordo comercial pós-Brexit em 27 de abril
Brexit

Parlamento Europeu votará acordo comercial pós-Brexit em 27 de abril

Governo prevê R$ 115 mi a mais para fiscalização ambiental e emprego da Força Nacional na Amazônia

Governo prevê R$ 115 mi a mais para fiscalização ambiental e emprego da Força Nacional na Amazônia