Morre astronauta russo que foi o primeiro homem a caminhar no espaço

O cosmonauta russo Alexei Leonov morreu nesta sexta-feira (11), em Moscou, aos 85 anos de idade

"A Terra é redonda!", disse o ex-astronauta assim que saiu do módulo espacial, em 1965 "A Terra é redonda!", disse o ex-astronauta assim que saiu do módulo espacial, em 1965  - Foto: NASA

O cosmonauta russo Alexei Leonov morreu nesta sexta-feira (11), em Moscou, aos 85 anos de idade. Ele foi o primeiro homem a caminhar no espaço sideral. O pioneiro andou do lado de fora de uma espaçonave em 1965. A informação foi confirmada pela Agência Espacial Estadunidense (Nasa) e pela agência de notícias russa Tass.

Leonov lutava contra uma doença há muitos anos. Ele morreu no Hospital Burdenko, na capital russa. O enterro ocorrerá no Cemitério Federal de Memória Militar, na região de Moscou, na próxima terça-feira (15).

O cosmonauta fez dois voos ao espaço. O primeiro foi em março de 1965, como co-piloto da espaçonave Voskhod-2. Foi nessa missão em que Leonov realizou a primeira caminhada no espaço sideral, durante 12 minutos. Ele realizou novo voo em julho de 1975, como comandante de uma missão de encontro com astronautas estadunidenses.

Leia também:
Indígenas velam corpo de líder morto em protestos no Equador
Primeiro ministro da Etiópia recebe Prêmio Nobel da Paz 
Hong Kong: um terço dos manifestantes detidos tem menos de 18 anos

A Nasa lamentou a morte do cosmonauta. “Estamos entristecidos com a perda do legendário Alexei Leonov, que se tornou o primeiro a andar no Espaço. Sua aventura no vácuo do espaço começou a história de atividades extraveiculares que permitem a manutenção de estações espaciais hoje possível”, destacou a entidade em sua conta no Twitter.

Veja também

Mais de 30 milhões de casos de coronavírus são registrados no mundo
Pandemia

Mais de 30 milhões de casos de coronavírus são registrados no mundo

Ex-modelo acusa Donald Trump de agressão sexual em 1997
Denúncia

Ex-modelo acusa Donald Trump de agressão sexual em 1997