Morre astronauta russo que foi o primeiro homem a caminhar no espaço

O cosmonauta russo Alexei Leonov morreu nesta sexta-feira (11), em Moscou, aos 85 anos de idade

"A Terra é redonda!", disse o ex-astronauta assim que saiu do módulo espacial, em 1965 "A Terra é redonda!", disse o ex-astronauta assim que saiu do módulo espacial, em 1965  - Foto: NASA

O cosmonauta russo Alexei Leonov morreu nesta sexta-feira (11), em Moscou, aos 85 anos de idade. Ele foi o primeiro homem a caminhar no espaço sideral. O pioneiro andou do lado de fora de uma espaçonave em 1965. A informação foi confirmada pela Agência Espacial Estadunidense (Nasa) e pela agência de notícias russa Tass.

Leonov lutava contra uma doença há muitos anos. Ele morreu no Hospital Burdenko, na capital russa. O enterro ocorrerá no Cemitério Federal de Memória Militar, na região de Moscou, na próxima terça-feira (15).

O cosmonauta fez dois voos ao espaço. O primeiro foi em março de 1965, como co-piloto da espaçonave Voskhod-2. Foi nessa missão em que Leonov realizou a primeira caminhada no espaço sideral, durante 12 minutos. Ele realizou novo voo em julho de 1975, como comandante de uma missão de encontro com astronautas estadunidenses.

Leia também:
Indígenas velam corpo de líder morto em protestos no Equador
Primeiro ministro da Etiópia recebe Prêmio Nobel da Paz 
Hong Kong: um terço dos manifestantes detidos tem menos de 18 anos

A Nasa lamentou a morte do cosmonauta. “Estamos entristecidos com a perda do legendário Alexei Leonov, que se tornou o primeiro a andar no Espaço. Sua aventura no vácuo do espaço começou a história de atividades extraveiculares que permitem a manutenção de estações espaciais hoje possível”, destacou a entidade em sua conta no Twitter.

Veja também

EUA tem recorde de mortes diárias por Covid-19 desde abril
Coronavírus

EUA tem recorde de mortes diárias por Covid-19 desde abril

Quais americanos vão receber a vacina contra a Covid primeiro?
Coronavírus

Quais americanos vão receber a vacina contra a Covid primeiro?