Morre soldado dos EUA em ataque no Afeganistão

Último soldado americano morto no Afeganistão morreu em combates na província de Nangarhar, no leste, em 1 de janeiro. Em 2017, onze militares americanos morreram no Afeganistão

 Aeroporto de Tarinkot, capital provincial de Uruzgan, onde teria acontecido o ataque Aeroporto de Tarinkot, capital provincial de Uruzgan, onde teria acontecido o ataque - Foto: Reprodução/Internet

Um soldado americano morreu e dois ficaram feridos neste sábado (7) no sul do Afeganistão em um ataque aparentemente perpetrado por recrutas das Forças Armadas afegãs, anunciou a operação da OTAN 'Apoio Decidido' em um comunicado. "Os dois feridos estão estáveis e recebem atenção" médica, acrescenta o comunicado que não informa onde o ataque aconteceu.

Um policial afegão disse à AFP que o incidente ocorreu no aeroporto de Tarinkot, capital provincial de Uruzgan, onde talibãs estão ativos. A OTAN se referiu a "um ataque aparentemente do interior", o que significa que um ou vários soldados afegãos dispararam contra seus instrutores americanos.

Leia também:
Explosão deixa 16 mortos e 38 feridos no Afeganistão


No Twitter, os talibãs anunciaram que um "patriota afegão disparou contra americanos em Uruzgan, matando e ferindo pelo menos quatro".

O último soldado americano morto no Afeganistão morreu em combates na província de Nangarhar, no leste, em 1 de janeiro. Em 2017, onze militares americanos morreram no Afeganistão.

Os Estados Unidos mantêm no Afeganistão cerca de 14.000 soldados, em apoio às forças afegãs, que formam e acompanham na operação. As tropas americanas constituem a quase totalidade dos 16.000 militares da operação da OTAN.

Veja também

Mundo ultrapassa a marca de 100 milhões de casos por Covid-19
Coronavírus

Mundo ultrapassa a marca de 100 milhões de casos por Covid-19

Na 1ª conversa com Putin, Biden confirma acordo nuclear e lista temas incômodos
EUA

Na 1ª conversa com Putin, Biden confirma acordo nuclear