Mundo

'Não forcem os venezuelanos a voltar para casa', diz Alto Comissariado da ONU

Cerca de 3,7 milhões de pessoas deixaram a Venezuela, a maioria desde 2015

Refugiados venezuelanosRefugiados venezuelanos - Foto: Brenda Alcântara

Os venezuelanos que fogem do agravamento da crise no país merecem proteção como refugiados, afirmou a agência de refugiados da Organização das Nações Unidas (ONU) nesta terça-feira (21). O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) apelou aos países para que não deportem ou forcem os venezuelanos a voltar para casa.

Cerca de 3,7 milhões de pessoas deixaram a Venezuela, a maioria desde 2015, de acordo com a agência.

Leia também:
Venezuela coloca Guarda Nacional para impor racionamento de gasolina
ONU lança site para ajudar refugiados a encontrar emprego no Brasil
Imigrantes e refugiados: sonho de vida e desafio de sobrevivência

"É extremamente importante que, diante da situação na Venezuela, não haja deportações, expulsões ou retornos forçados", disse a porta-voz do Acnur, Liz Throssell, em entrevista.

Veja também

Epidemiologista acredita que ainda 'é cedo' para falar de epidemia de varíola dos macacos
Varíola dos macacos

Epidemiologista acredita que ainda 'é cedo' para falar de epidemia de varíola dos macacos

Biden pede que americanos enfrentem 'lobby das armas'
Estados Unidos

Biden pede que americanos enfrentem 'lobby das armas'