Nicolás Maduro é reeleito na Venezuela

Eleições tiveram a menor participação do eleitorado venezuelano na história democrática do país

Nicolás Maduro reeleito presidente da VenezuelaNicolás Maduro reeleito presidente da Venezuela - Foto: Juan Barreto/AFP

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, foi reeleito para um novo mandato de seis anos com 67,7% dos votos válidos, um total de 5.823.728 votos, informou a presidente do Conselho Nacional Eleitoral, Tibisay Lucena, quando a apuração contabilizava 92,6% das urnas. A participação do eleitorado venezuelano foi de 46,01%, a menor da história democrática do país. A abstenção chegou a 54%. Na eleição presidencial anterior, em 2013, esse percentual foi de 20,3%.

Em segundo lugar, ficou o dissidente do chavismo Henri Falcón com 21,2%, equivalente a 1.820.552 votos. Em terceiro, Javier Bertuchi com 925.042 votos e em quarto, Reinaldo Quijada, com 34.614 votos. Em sua conta oficial no Twitter, Maduro comemorou o resultado.

Leia também:
Candidatos opositores acusam Maduro de coagir eleitores
Pesquisas dão vitória a oposicionista na Venezuela


"A paz e a democracia triunfaram nesta jornada histórica da Pátria. Celebramos junto ao Povo este novo começo para conduzir a Pátria até a prosperidade definitiva. Sigamos juntos nas novas batalhas!", disse. O mandato do chavista será vigente entre 2019 e 2025. Herdeiro político de Hugo Chávez, que morreu em 2013, Maduro assumiu o poder na Venezuela após vencer as eleições presidenciais em 14 de abril de 2013 com 50,62% dos votos, contra o opositor Henrique Capriles.

A presidente Tibisay Lucena reiterou o pedido de respeito aos resultados da eleição em instâncias nacionais e internacionais. "Pedimos a todos e todas, na Venezuela e fora dela, que respeitem os resultados eleitorais, que respeitem o povo da Venezuela que decidiu em paz e é o que querem para o futuro deste país", afirmou em entrevista em Caracas.

Veja também

Pelo menos 11 mortos e 98 feridos em acidente ferroviário no Egito

Pelo menos 11 mortos e 98 feridos em acidente ferroviário no Egito

Verstappen vence o GP de F1 da Emilia-Romagna, Hamilton é o segundo
Fórmula 1

Verstappen vence o GP de F1 da Emilia-Romagna, Hamilton é o segundo