Novo tremor de 4,6 graus atinge região central da Itália

Terceiro tremor foi registrado no país na noite desta quarta

Danos causados pelo tremor são encontrados dentro de igreja italiana Danos causados pelo tremor são encontrados dentro de igreja italiana  - Foto: Tiziana Fabi/AFP

Uma terceira grande réplica, de 4,6 graus na escala Richter, atingiu a região central da Itália às 23h42 (hora local), informou o Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (INGV). O epicentro é o mesmo dos dois grandes tremores anteriores, de 5,4 e 5,9 graus, também registrados nesta quarta-feira (26) na região entre Macerata e Perugia. A informação é da Agência Ansa.

O prefeito de Ussita, Giuliano Rinaldi, afirmou que a cidade está destruída após dois fortes terremotos terem sido registrados próximos à localidade nesta quarta-feira (26). "Caíram as paredes das casas, a nossa cidade está destruída. Caiu também um lado da igreja, o terreno rachou. O bairro de Casali não está mais acessível", disse Rinaldi.

O primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, acompanha a situação das regiões centrais do país após os terremotos que foram sentidos nessa quarta-feira, e se mantém em contato com a Defesa Civil.

Veja também

Brasileira está entre as vítimas de atentado na França, informa Itamaraty
internacional

Brasileira está entre as vítimas de atentado na França

Glenn Greenwald acusa Intercept de censura e anuncia saída do site
censura

Glenn Greenwald acusa Intercept de censura e anuncia saída do site