Obama em ritmo de campanha

Aproveitando seus altos índices de aprovação, Obama utilizou seu talento discursivo para apoiar Hillary

O vice-governador participa do evento que acontece até esta terça (14)O vice-governador participa do evento que acontece até esta terça (14) - Foto: Paullo Almeida

 

MIAMI (AFP) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, foi à Flórida para animar a campanha da democrata Hillary Clinton, convocando os eleitores a sair de casa para votar na próxima terça-feira.
Aproveitando seus altos índices de aprovação, Obama utilizou seu talento discursivo para apoiar Hillary, trazendo energia e otimismo à polarizada corrida entre o republicano Donald Trump e sua adversária democrata.

O Partido Democrata da instável Flórida - Estado que oscila entre um e outro partido a cada eleição - conta principalmente com os votos dos jovens, dos hispânicos e da comunidade negra, grupos inclinados a abstenção.

Diante desta situação, a campanha democrata se concentra agora em convencer os eleitores da necessidade de votar, se possível esta semana, para se evitar as longas filas na próxima terça-feira.

“Graças a vocês que 20 milhões de pessoas agora tem um seguro saúde. Foi graças a vocês que obtivemos este progresso”, declarou o presidente sobre os eleitores.

“Não peço que acreditem na capacidade de Hillary de mudar as coisas. Peço que acreditem em vocês para mudar as coisas. Hillary Clinton poderá ajudá-los apenas se vocês lhe derem esta oportunidade”.

 

Veja também

Brasil veta plano do Mercosul por incluir expressão 'crimes de ódio' contra pessoas LGBT
mercosul

Brasil veta plano do Mercosul por incluir expressão 'crimes de ódio' contra pessoas LGBT

Usar máscara poderia evitar 130.000 mortes nos EUA, aponta estudo
Coronavírus

Usar máscara poderia evitar 130.000 mortes nos EUA, aponta estudo