ONU convoca reunião após suposto teste de míssil do Irã

Chanceler do Irã, Mohamad Javad Zarif, evitou confirmar ou negar a realização do teste

MíssilMíssil - Foto: HO / ISPR / AFP

Após suspeitas de que o Irã realizou um teste de lançamento de míssil balístico no domingo (29), o Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas) convocou uma reunião de emergência a pedido dos Estados Unidos.

No encontro, agendado para esta terça-feira (31), os membros do órgão mais poderoso da ONU serão consultados sobre o suposto teste. O Irã é alvo de uma resolução do Conselho de Segurança que proíbe a república islâmica de realizar testes balísticos destinados a transportar ogivas nucleares. As restrições foram renovadas por oito anos após a assinatura, em 2015, do acordo global para frear o programa nuclear iraniano em troca do afrouxamento de sanções econômicas contra o país.

Em declaração nesta terça (31), o chanceler do Irã, Mohamad Javad Zarif, evitou confirmar ou negar a realização do teste no domingo. Ele também disse que os mísseis não são vetados por acordos nucleares e que o Irã nunca usará mísseis produzidos no país para atacar outras nações.

"Nenhum míssil iraniano foi produzido para transportar ogivas nucleares", afirmou Zarif, acrescentando esperar que o novo governo dos Estados Unidos evite usar a política de defesa do Irã para "provocar novas tensões".

O premiê de Israel, Binyamin Netanyahu, disse nesta segunda-feira (30) que pretende pressionar o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, a renovar sanções contra Teerã após a suspeita do teste balístico. Os dois se opõem ao acordo nuclear com a república islâmica.

Uma autoridade americana disse, em condição de anonimato, à agência de agências de notícias Reuters que o míssil de médio alcance foi lançado na localidade de Semnan e explodiu a cerca de mil quilômetros dali. Outra autoridade afirmou à Associated Press que teste falhou após uma reentrada "frustrada" do míssil na atmosfera terrestre.

Veja também

Instagram aumenta duração máxima do Reels para 60 segundos
REDES SOCIAIS

Instagram aumenta duração máxima do Reels para 60 segundos

Pedro Castillo toma posse como presidente do Peru
América Latina

Pedro Castillo toma posse como presidente do Peru