Papa Francisco fica preso em elevador e é resgatado por bombeiros

O pontífice se atrasou para a tradicional oração dominical do Angelus, neste domingo, porque ficou preso em um elevador durante 25 minutos

Papa FranciscoPapa Francisco - Foto: Andreas Solaro/AFP

O papa Francisco explicou que se atrasou para a tradicional oração dominical do Angelus, neste domingo (1º), porque ficou preso em um elevador do Vaticano e precisou ser resgatado pelos bombeiros.

"Tenho que pedir desculpas por chegar tarde. Fiquei preso em um elevador durante 25 minutos por um corte de energia, mas depois os bombeiros chegaram", disse o sorridente pontífice de 82 anos. "Um aplauso ao serviço dos bombeiros", pediu, no que foi imediatamente atendido pela multidão.

Francisco chegou sete minutos atrasado, o que provocou inquietações nas emissoras de TV italianas que exibem o Angelus ao vivo. Os canais informaram que era um incidente quase inédito.

Leia também:
Papa pede a líderes do mundo que salvem a Amazônia
Papa está preocupado com nacionalismos e populismo


O atraso incomum poderia ter sido motivado por um problema de saúde. Francisco parece ter energia ilimitada, apesar de sua idade, mas na juventude perdeu parte de um pulmão, e as demonstrações de dor que escapam ocasionalmente lembram que a dor ciática é uma companhia quase constante para o pontífice.

Veja também

Surfista no Havaí perde a prancha e a encontra dois anos depois nas Filipinas
havaí

Surfista no Havaí perde a prancha e a encontra dois anos depois nas Filipinas

Em discurso na Assembleia Geral, Trump diz que ONU deve responsabilizar China pela pandemia
ONU

Em discurso na Assembleia Geral, Trump diz que ONU deve responsabilizar China pela pandemia