Parlamento da Venezuela suspende julgamento de Maduro

A nova sessão foi convocada para a próxima terça-feira (8), às 14h

Antônio CamposAntônio Campos - Foto: Flávio Japa/Folha de Pernambuco

O parlamento da Venezuela suspendeu, nesta terça-feira (1º), o julgamento sobre a responsabilidade do presidente Nicolás Maduro na crise do país, diante do início de um diálogo com o governo. "Aprovado, concorda-se com adiar" os pontos da agenda desta terça, anunciou o chefe da Assembleia Nacional, Henry Ramos Allup, ao explicar que não se trata de uma "capitulação" da oposição, mas da busca por uma solução para a crise. Se o Vaticano exigiu que se sentem em uma mesa, tem que ser feito. Não podemos nos negar essa possibilidade", afirmou Allup antes da votação.

A sessão foi convocada para a próxima terça-feira (8), às 14h. Também foi anunciada a suspensão de uma marcha de opositores que aconteceria nesta quinta-feira (3) e que tinha intenção de ir até a sede do governo venezuelano, o Palácio de Miraflores.

Negociação
No domingo (30), governo e oposição se reuniram, sob a mediação do Vaticano, num museu nos arredores de Caracas. Já passava das 20h (22h de Brasília) quando Maduro abriu a reunião no Museu Alejandro Otero dizendo que assumia um "compromisso total e absoluto com este processo de diálogo".

"Estendo a mão à MUD para dialogar", afirmou o presidente, diante do secretário-geral da MUD (Mesa da Unidade Democrática), Jesús Torrealba, coalização de oposição ao governo Maduro e representantes dos partidos de oposição Acción Democrática, Primero Justicia e Un Nuevo Tiempo. Após o início do diálogo, cinco opositores do governo foram soltos nesta segunda-feira (31).

Veja também

'Digam a meus filhos que amo eles', as últimas palavras da brasileira vítima de ataque em Nice
França

'Digam a meus filhos que amo eles', as últimas palavras da brasileira vítima de ataque em Nice

13ª Semana Global de Empreendedorismo é oportunidade para quem deseja começar seu negócio
Empreendedorismo

13ª Semana Global de Empreendedorismo é oportunidade para quem deseja começar seu negócio