Parlamento deve votar ativação do Brexit, decide justiça britânica

Governo afirmou estar decepcionado com a decisão judicial. Saída do bloco econômico foi aprovada em referendo.

Geraldo Alckmin na saída da casa de Renata CamposGeraldo Alckmin na saída da casa de Renata Campos - Foto: Folhape

O Alto Tribunal de Londres decidiu nesta quinta-feira que é o Parlamento britânico, e não o governo, quem deve aprovar o início do processo de saída dos britânicos da União Europeia, uma decisão que pode atrasar o Brexit.

"O Tribunal não aceita o argumento apresentado pelo governo. O Tribunal aceita o argumento principal dos demandantes", consideraram os juízes que leram a sentença. Em resposta, o governo britânico anunciou que apelará da decisão do Alto Tribunal.

"O governo está decepcionado com a decisão do Tribunal. O país votou a favor de abandonar a União Europeia em um referendo aprovado pelo Parlamento. O governo está determinado a respeitar o resultado do referendo. Vamos apelar", indicou o porta-voz de Downing Street em um comunicado.

Veja também

Bolsonaro deve abordar questões ambientais em discurso na ONU
Política

Bolsonaro deve abordar questões ambientais em discurso na ONU

OMS: Mundo registra recorde de novos casos de coronavírus em uma semana, mas mortes registram queda
Coronavírus

OMS: Mundo registra recorde de novos casos de coronavírus em uma semana, mas mortes registram queda