Mundo

Parlamento irlandês aprova legalização do aborto

O texto autoriza o aborto sem condições até 12 semanas após a gravidez ou posteriormente em casos de "risco à vida" e "grave perigo para a saúde" da mulher

Dublin, capital da IrlandaDublin, capital da Irlanda - Foto: wikipedia

O Parlamento irlandês adotou nesta quinta-feira (13) o projeto de lei que legaliza o aborto, sete meses após o referendo histórico no qual o país se pronunciou contra a proibição constitucional à interrupção voluntária da gravidez.

Leia também:
Barroso diz que debate sobre aborto deve ser feito no Supremo
Argentinas prometem continuar com a luta pelo aborto legal


O texto autoriza o aborto sem condições até 12 semanas após a gravidez ou posteriormente em casos de "risco à vida" e "grave perigo para a saúde" da mulher.

Veja também

Argentina notifica segundo caso suspeito de varíola do macaco
Varíola

Argentina notifica segundo caso suspeito de varíola do macaco

Ministros do G7 pedem à Opep que amplie produção de petróleo; analistas já preveem barril a US$ 150
petróleo

Ministros do G7 pedem à Opep que amplie produção de petróleo; analistas já preveem barril a US$ 150