Peru: protesto contra mineração deixa um morto e 21 feridos

De acordo com as autoridades, a comunidade está em conflito com a companhia de mineração local, Horizonte

Antônio CamposAntônio Campos - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Um enfrentamento entre a polícia e moradores de uma comunidade na serra norte do Peru deixou um morto e 21 feridos. De acordo com as autoridades, a comunidade está em conflito com a companhia de mineração local, Horizonte.

"Temos oficialmente um morto", disse nesta segunda-feira por telefone à AFP a funcionária da direção regional de Saúde de Trujillo, Kelly Raymundo. Segundo ela, não se sabe se o disparo que matou a vítima partiu da polícia ou de camponeses.

Trata-se da segunda morte por um conflito socioambiental desde o início do mandato do presidente Pedro Pablo Kuczynski há pouco mais de três meses.

O incidente ocorreu no domingo pela manhã, quando a polícia chegou aos arredores da comunidade rural de Alpamarca, no distrito de Parcoy, região La Libertad, para liberar uma via e um acampamento mineiro da aurífera peruana Companhia Mineira Horizonte, que foram tomadas pelos camponeses.

De acordo com a companhia Horizonte, o conflito aconteceu porque não houve acordo com os camponeses.

Veja também

Cresce na Europa pressão contra produtos brasileiros
Negócios

Cresce na Europa pressão contra produtos brasileiros

Estrela de Bollywood testa positivo para o coronavírus
Aishwarya Rai

Estrela de Bollywood testa positivo para o coronavírus