Mundo

Peru retira concessão da Odebrecht para gasoduto milionário

A empresa já admitiu o pagamento de subornos

OdebrechtOdebrecht - Foto: Agência Brasil

O Peru resolveu retirar a concessão de um gasoduto avaliado em 7 bilhões de dólares, que havia entregado a um consórcio liderado pela brasileira Odebrecht, empresa que admitiu o pagamento de subornos, informou nesta segunda-feira (23) o ministro de Energia e Minas, Gonzalo Tamayo.

"O projeto não vai com os atuais sócios. Não conseguiram demonstrar que têm financiamento. Este financiamento tinha que ser obtido da comunidade financeira internacional (...). Não foram capazes de levar adiante um projeto porque o sistema financeiro não acredita neles", disse o ministro Tamayo à rádio RPP.

Veja também

Suécia e Finlândia entregam amanhã candidatura à Otan
Tratado do Atlântico Norte

Suécia e Finlândia entregam amanhã candidatura à Otan

Fechamento de escolas pela pandemia pode ter impacto econômico duradouro, diz FMI
Educação e economia

Fechamento de escolas pela pandemia pode ter impacto econômico duradouro, diz FMI