Polícia britânica abre ao público formação antiterrorista

Medida foi tomada dez dias após atentado em Ponte de Londres

Homenagem às vítimas em atentado na ponte londrinaHomenagem às vítimas em atentado na ponte londrina - Foto: Daniel Leal-Olivas/AFP

A polícia britânica abriu nesta segunda-feira (9) para o público em geral uma formação antiterrorista que ajuda a identificar comportamentos suspeitos e atuar em caso de ataque, dez dias após o atentado na London Bridge.

A decisão de ampliar o acesso a esta formação, até então disponível apenas para os comerciantes que trabalham em locais de grande movimento, não foi uma reação ao ataque com faca que fez dois mortos no centro da capital britânica, informou a polícia.

Mas o atentado constitui "uma brutal recordação da ameaça atual e da necessidade de vigilância", ressaltou.

A formação, gratuita e batizada de "ACT Awareness", é composta de sete módulos de uma duração total de 45 minutos. O curso busca proporcionar ferramentas para detectar comportamentos suspeitos e saber o que fazer em caso de necessidade.

Leia também:
Uma pessoa morre e 5 ficam feridos em ataque na Ponte de Londres
Idoso que atacou mesquita na França queria vingar incêndio em Notre Dame
Macri assinará decreto sobre terrorismo em aniversário de atentado em Buenos Aires

"Proporcionar a todos a oportunidade de ser olhos e ouvidos da polícia e das equipes de segurança locais ajuda a garantir a segurança de todas as comunidades", afirmou a polícia.

No início de novembro, as autoridades britânicas reduziram o nível de alerta terrorista de "grave" para "substancial", colocando-o no terceiro nível em uma escala de cinco e o mais baixo em mais de cinco anos.

Veja também

Acusado de furar fila da vacina, chefe do Estado-Maior espanhol renuncia
Coronavírus

Acusado de furar fila da vacina, chefe do Estado-Maior espanhol renuncia

Oslo em semiconfinamento devido a surto de variante inglesa do coronavírus
Coronavírus

Oslo em semiconfinamento devido a surto de variante inglesa do coronavírus