Polícia britânica anuncia sétima detenção por atentado de Manchester

Nova detenção ocorreu após uma busca em um endereço situado em Nuneaton, cidade de Warwickshire, centro da Inglaterra.

Pessoas fazem vigília pelo atentado de Manchester Pessoas fazem vigília pelo atentado de Manchester  - Foto: Oli SCARFF / AFP

A polícia britânica anunciou nesta quarta-feira ter efetuado a sétima detenção no âmbito das investigações sobre o atentado que deixou 22 mortos após um show da cantora pop americana Ariana Grande na cidade de Manchester.

A nova detenção ocorreu após uma busca em um endereço situado em Nuneaton, cidade de Warwickshire, no centro da Inglaterra, informou a Polícia. Trata-se da primeira detenção vinculada ao caso realizada fora da região de Manchester.

"Esta noite realizamos uma batida em um endereço de Nuneaton, em Warwickshire, e detivemos um homem", revelou a polícia.

"Até o momento, seis homens e uma mulher foram detidos em relação ao ataque e seguem presos para interrogatório", precisaram as autoridades.

O Estado Islâmico (EI) reivindicou o atentado que deixou 22 mortos e 59 feridos ao final do show de Ariana Grande, na noite de segunda-feira (22). As autoridades acreditam que Salman Abedi - um britânico de 22 anos de origem líbia - foi o autor do ataque suicida com explosivos contra a Manchester Arena.

Na Líbia, foram detidos o pai e o irmão de Salman Abedi.

Veja também

Policiais do Capitólio prendem homem que tentou passar por barreira
Capitólio

Policiais do Capitólio prendem homem que tentou passar por barreira

EUA realiza última execução do mandato de Trump
EUA

EUA realiza última execução do mandato de Trump