Polícia israelense interroga ministro do Interior por corrupção

As forças de segurança confirmaram uma investigação sobre "um responsável único e sua esposa", sem dar mais detalhes

A polícia antifraude israelense interrogava nesta segunda-feira (29) o ministro do Interior, Aryeh Deri, e sua esposa, Yaffa, em uma investigação por um caso de corrupção, informaram os meios de comunicação locais. As forças de segurança confirmaram uma investigação sobre "um responsável único e sua esposa", sem dar mais detalhes.

A rádio pública tuitou que Deri, libertado em 2002 depois de passar 22 meses na prisão por subornos e fraude, entrou nesta segunda-feira (29) no gabinete da polícia com sua esposa. A emissora a cabo Channel 2 afirmou que o casal estava sendo interrogado em salas separadas.

Segundo o jornal Haaretz, os agentes também convocaram outros 14 suspeitos, incluindo o diretor-geral de um Ministério. Em Israel, o Ministério do Interior não é o responsável pelos agentes policiais, que estão sob o comando do Ministério de Segurança Pública.

Haaretz indicou que a polícia iria tentar averiguar, entre outras coisas, como o ministro financiou as propriedades que comprou nos últimos anos, incluindo sua casa em Safsufa, um povoado ao norte de Israel.

Veja também

Ao menos cinco mortos em incêndio na maior fábrica de vacinas do mundo, na Índia
VÍTIMAS

Ao menos cinco mortos em incêndio na maior fábrica de vacinas do mundo, na Índia

UE discute como reagir a variantes da Covid-19 e acelerar vacinações
PANDEMIA

UE discute como reagir a variantes da Covid-19 e acelerar vacinações