Presidente Abdel Fattah al-Sisi vence eleições no Egito

Reeleição do presidente Abdel Fattah al-Sisi já era esperada, uma vez que os cinco principais rivais de Sisi desistiram do pleito. Com os demais presos ou pressionados a deixar a disputa, sobrou apenas o candidato Moussa Moustafa Moussa, que já fez campan

Presidente do Egito Abdel Fattah al-Sissi,Presidente do Egito Abdel Fattah al-Sissi, - Foto: Wikimedia Commons

O presidente do Egito, Abdel Fattah al-Sissi, foi reeleito por mais quatro anos com cerca de 90% dos votos, de acordo com os resultados preliminares divulgados nesta quinta-feira (29). Os números finais serão anunciados na próxima segunda-feira (2).

Leia também
Queda de balão com turistas deixa um morto no Egito
Ataque a igreja no Egito deixa nove mortos
Número de mortos em ataque contra mesquita no Egito sobe para 305

A reeleição já era esperada, uma vez que os cinco principais rivais de Sisi desistiram do pleito. Com os demais presos ou pressionados a deixar a disputa, sobrou apenas o obscuro candidato Moussa Moustafa Moussa, que já fez campanha pelo próprio Sisi e teve em torno de 3% dos votos. Com a vitória de Sisi garantida, a principal dúvida seria o índice de participação. Esse foi de 47% em 2014, porcentagem que o governo quis ampliar como instrumento de legitimação.

O jornal estatal Akhbar al-Yaum afirma que os colégios eleitorais registraram 23 milhões de votos válidos nesta eleição -cerca de 38% das 60 milhões de pessoas aptas a votar no país-, além de 2 milhões de votos anulados, com os nomes de candidatos que não estavam entre os dois aprovados pela Justiça.

A Presidência do Egito é um dos postos mais influentes do Oriente Médio. É o país árabe mais populoso (são 95 milhões de pessoas) e o berço tradicional de correntes políticas. 

Veja também

Estudo sugere queda de anticorpos associada à segunda onda de Covid na Inglaterra
Coronavírus

Estudo sugere queda de anticorpos associada à segunda onda de Covid na Inglaterra

Bomba em escola paquistanesa deixa 7 mortos e mais de 80 feridos
internacional

Bomba em escola paquistanesa deixa 7 mortos e mais de 80 feridos