Protesto deixa mortos na Etiópia

Em um comunicado, o governo explicou que a violência explodiu no festival, devido à ação de “forças irresponsáveis”

 

Pelo me­nos 52 pessoas morreram, neste domingo (2), em um tumulto registrado no tradicional Festival Oromo Irreecha, na localidade de Bishoftu, ao sul de Addis Abeba - anunciou o governo regional oromo.

Em um comunicado, o governo explicou que a violência explodiu no festival, devido à ação de “forças irresponsáveis”.

A oposição mencionou, por sua vez, pelo menos 100 vítimas. A confusão começou quando as lideranças oromo afiliadas ao governo foram atacadas pela multidão.

A plateia tentou invadir a tribuna, quando os dirigentes iam tomar palavra. O governo federal etíope lamentou “perdas de vidas humanas”.

 

Veja também

Brasileira está entre as vítimas de atentado na França, informa Itamaraty
internacional

Brasileira está entre as vítimas de atentado na França

Glenn Greenwald acusa Intercept de censura e anuncia saída do site
censura

Glenn Greenwald acusa Intercept de censura e anuncia saída do site