Regime sírio se apodera de dois novos bairros rebeldes em Aleppo

Mais de quatro mil civis fugiram em menos de 24 horas da parte rebelde da cidade

Canidatos à presidência Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT)Canidatos à presidência Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) - Foto: Divulgação

As tropas do regime sírio conquistaram neste domingo (27) dois novos bairros rebeldes da cidade de Aleppo, após ter tomado na véspera o bairro mais importante deste setor, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

"O exército e seus aliados tomaram hoje [domingo] o controle de Jabal Badro e, depois, o de Baadin", informou à AFP Rami Abdel Rahman, diretor do OSDH.

Fuga de civis

Mais de quatro mil civis fugiram em menos de 24 horas da parte rebelde da cidade síria de Aleppo por causa do rápido avanço das forças do regime, segundo um novo balanço do Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

"Desde ontem à noite [sábado, 26], quase 1.700 civis fugiram de zonas governamentais, enquanto que mais outros 2.500 se refugiaram no bairro curdo de Sheij Maqsud", a cavalo entre ambas as partes da dividida metrópole, informou o OSDH no domingo.

Antes, o OSDH, com sede em Londres, mas com uma ampla rede de informantes na Síria, havia informado que mais de 500 civis haviam escapado de Aleppo Oriental para as áreas governamentars, no norte e no oeste da metrópole.

Este êxodo, inédito desde 2012, acontece depois que no sábado as tropas de Bashar Al Assad se apoderaram do bairro de Massaken Hanano, o maior de Aleopo Oriental, zona que o regime tenta recuperar.

Veja também

Piñera vota em plebiscito no Chile sobre mudança na Constituição
Chile

País sai às urnas neste domingo (25) para decidir sobre a elaboração de uma nova Constituição

Covid-19: OMS registra recorde de casos pelo terceiro dia consecutivo
Coronavírus

Covid-19: OMS registra recorde de casos pelo terceiro dia consecutivo