República Democrática do Congo enfrenta nova epidemia de ebola

A epidemia na RDC é o nono surto de ebola desde a descoberta deste vírus em seu solo, em 1976. Uma equipe do Ministério da Saúde, apoiada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e por Médicos Sem Fronteiras, visitou a cidade de Bikoro, epicentro da epidem

República do Congo República do Congo  - Foto: MONUSCO/Jesus Nzambi

A República Democrática do Congo enfrenta uma nova epidemia de ebola, que já matou 17 pessoas na província de Equateur (noroeste), informou nesta terça-feira (8) o Ministério da Saúde local. Um comunicado do ministério indicou que em 3 de maio foram notificados 21 casos de febre com sinais hemorrágicos e 17 mortes. "Nosso país está enfrentando outra epidemia de ebola, o que constitui uma emergência de saúde pública internacional", afirmou a nota.

"Ainda dispomos de recursos humanos bem treinados que puderam controlar rapidamente as epidemias anteriores", acrescentou. "Desde as notificações do dia 3 de maio, nenhuma morte foi reportada entre os casos hospitalizados ou entre os profissionais de saúde."

A epidemia na RDC é o nono surto de ebola desde a descoberta deste vírus em seu solo, em 1976. Uma equipe do Ministério da Saúde, apoiada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e por Médicos Sem Fronteiras, visitou a cidade de Bikoro, epicentro da epidemia. "Nossa maior prioridade é ir a Bikoro para trabalhar com o governo da República Democrática do Congo e parceiros para reduzir a perda de vidas e sofrimento associados a este novo surto de ebola", indicou Peter Salama, diretor-geral adjunto da OMS em um comunicado.

Leia também:
Leopardo devora menino de três anos em parque de Uganda, na África
Doença de pele afeta mais de 1 milhão de pessoas no país

"Trabalhar com parceiros e responder cedo e de maneira coordenada será vital para conter essa doença mortal." A doença foi detectada em uma área de floresta equatorial, na fronteira com o Congo-Brazzaville, e localizada a cerca de 600 km a noroeste de Kinshasa.

"Cinco amostras de casos suspeitos foram enviadas para análise no Instituto Nacional de Pesquisas Biológicas (INRB) de Kinshasa em 6 de maio. Dois deram positivos", afirmou o ministério em seu comunicado.

A última epidemia de ebola na RDC remonta a 2017. Rapidamente controlada, matou oficialmente quatro pessoas. Uma terrível epidemia atingiu a África Ocidental entre o final de 2013 e 2016, causando mais de 11.300 mortes em cerca de 29.000 casos, mais de 99% na Guiné, na Libéria e em Serra Leoa.

Veja também

Pai de Meghan Markle diz que Oprah Winfrey se aproveitou de momento frágil de Harry
Realeza

Pai de Meghan Markle diz que Oprah Winfrey se aproveitou de momento frágil de Harry

Lacuna sobre a origem do coronavírus causador da Covid-19 pode demorar a ser preenchida
Sars-CoV-2

Lacuna sobre a origem do coronavírus pode demorar a ser preenchida