Rua em frente à Casa Branca é renomeada com lema de protestos antirracistas

Onda de protestos que agita os Estados Unidos começou após a morte de George Floyd

Rua ganhou nome da campanhaRua ganhou nome da campanha - Foto: Tasos Katopodis/AFP

A prefeita de Washington, Muriel Bowser, renomeou a rua em frente à Casa Branca como "Black Lives Matter" (Vidas negras importam), o lema dos protestos pela morte de George Floyd, que foi pintado no asfalto por ativistas com enormes letras amarelas.

A onda de protestos que agita os Estados Unidos começou após a morte de Floyd em 25 de maio, quando um policial branco o imobilizou pressionando seu pescoço com o joelho até matá-lo por asfixia, após tê-lo acusado de pagar uma compra com uma nota falsa.

Leia também:
'Você mudou o mundo', diz ativista durante homenagem a Floyd nos EUA
George Floyd morreu pela "pandemia do racismo e da discriminação", diz advogado


Bowser, do Partido Democrata, está em confronto com o presidente Donald Trump desde que o mandatário usou as forças de ordem para reprimir uma manifestação em frente à Casa Branca na segunda-feira para posar para foto segurando uma Bíblia em frente a uma igreja, danificada na véspera em outro protesto. "A seção da rua 16 em frente à Casa Branca agora se chama oficialmente 'Black Lives Matter'", disse a prefeita.

A esquina é simbólica porque foi onde ocorreu a repressão dos manifestantes pacíficos, que foram dispersados com bombas de gás lacrimogêneo pelas forças de ordem alheias à administração municipal, o que motivou críticas de Bowser.  A capital americana não pertence a nenhum estado e tem uma jurisdição especial como Distrito de Columbia, sem senadores e com representantes sem direito a voto na Câmara Baixa.

No Twitter, a prefeita publicou uma foto do asfalto com a frase "Black Lives Matter" pintada e fez uma homenagem a Breonna Taylor, uma mulher que morreu baleada em casa pela polícia em Kentucky. "Breonna Taylor, no seu aniversário, ergamo-nos com determinação, com determinação para fazer dos Estados Unidos a terra que devia ter sido", manifesto-se Bowser.

Rose Jaffe, uma artista que faz parte do coletivo que pintou a mensagem no asfalto, contou à AFP que a ação visa a "retomar as ruas de DC". Mas a ativista disse que espera que a prefeita faça mais do que gestos e tome atitudes sobre os problemas, como a prestação de contas da polícia.

Veja também

Bolsa cai com preocupações com variante delta e China
Economia

Bolsa cai com preocupações com variante delta e China

Biden acusa Rússia de querer interferir nas eleições de 2022 nos EUA
Mundo

Biden acusa Rússia de querer interferir nas eleições de 2022 nos EUA