Mundo

Segundo caso do novo vírus de pneumonia é detectado na Tailândia

Paciente sofre uma pneumonia relacionada com o misterioso coronavírus, responsável por duas mortes da China

Novo vírus já matou nove pessoas na ChinaNovo vírus já matou nove pessoas na China - Foto: Noel Celis / AFP

Um segundo caso do vírus da mesma família que o da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAS) foi registrado na Tailândia - anunciaram as autoridades locais em um comunicado divulgado nesta sexta-feira (17), acrescentando que se trata de uma chinesa de 74 anos.

A mulher foi hospitalizada após seu desembarque em 13 de janeiro no aeroporto de Bangcoc, procedente da cidade chinesa de Wuhan, epicentro da epidemia, relatou o Ministério da Saúde em um comunicado. A paciente sofre uma pneumonia relacionada com o misterioso coronavírus, responsável por duas mortes da China. O vírus já foi detectado no Japão. "As pessoas não devem entrar em pânico, já que não há qualquer propagação da doença na Tailândia", garantiram as autoridades.

Leia também:
Novo vírus causa surto na China e OMS emite alerta
Confirmado caso no Japão de nova pneumonia viral chinesa

Outra paciente chinesa, que teve um quadro de pneumonia detectado em 8 de janeiro em sua chegada a Bangcoc, está se recuperando da doença em um hospital da cidade.

A Tailândia reforçou seus controles nos aeroportos, em meio ao Ano Novo chinês, período durante o qual o país espera mais de 1.300 viajantes por dia procedentes de Wuhan.

A doença faz temer o ressurgimento de um vírus da mesma família da SARS, que matou pelo menos 650 pessoas na China continental e em Hong Kong em 2002-2003.

Veja também

Situação na região ucraniana de Lugansk 'piora a cada hora', diz governador
conflito internacional

Situação na região ucraniana de Lugansk 'piora a cada hora', diz governador

ONU alerta que crise alimentar por guerra na Ucrânia 'ameaça' América Latina
Guerra

ONU alerta que crise alimentar por guerra na Ucrânia 'ameaça' América Latina