Mundo

Seis imigrantes mortos são encontrados na costa sul da Espanha

Um primeiro corpo foi encontrado na noite de sexta, e os outros cinco, na manhã deste sábado.

Os corpos de seis imigrantes mortos foram descobertos desde sexta-feira (13) em diferentes praias da costa sul da Espanha, perto da cidade portuária de Algeciras - informou o serviço de resgate marítimo espanhol neste sábado (14).

Um primeiro corpo foi encontrado na noite de sexta, e os outros cinco, na manhã deste sábado. Todos parecem ser homens de origem subsaariana, relatou a porta-voz do serviço de resgate marítimo.

Desde ontem, o órgão buscava duas embarcação com imigrantes, que haviam deixado a costa do Marrocos em um ponto bem próximo à Espanha.

Uma das embarcações foi localizada neste sábado à tarde, com oito pessoas a bordo - cinco homens e três mulheres. Uma delas parece ter morrido de hipotermia, acrescentou a porta-voz.

A embarcação estava sendo rebocada para Ceuta, território espanhol no Marrocos.
A Espanha é um ponto de passagem para os imigrantes - tanto pela via marítima, quanto pela via terrestre - através dos dois enclaves espanhóis na África do Norte, Ceuta e Melilla.

Cerca de 8.160 imigrantes chegaram à Espanha pelo mar em 2016 e, destes, 69 morreram, segundo os últimos números da Organização Internacional dos Migrantes (OIM).

Veja também

Contágios da varíola do macaco geram preocupação na Europa
Saúde

Contágios da varíola do macaco geram preocupação na Europa

Dezenas de países se comprometem na ONU a melhorar tratamento de migrantes
Acordo internacional

Dezenas de países se comprometem na ONU a melhorar tratamento de migrantes